O Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC) assinala o Dia Internacional Contra a Corrupção a 9 de dezembro, em colaboração com o Comité Olímpico de Portugal (COP) e o Agrupamento de Escolas Queluz-Belas.

As atividades têm início em Santarém, no dia 6, na Escola Secundária Sá da Bandeira, com uma intervenção do Conselheiro Amadeu Guerra, membro do CPC, intitulada “Serão os caminhos da corrupção inevitáveis?”, a que se seguirá um debate com alunos.

No dia 9, na Escola Secundária Padre Alberto Neto, em Queluz, constam do programa intervenções dos representantes do Agrupamento de Escolas de Queluz, do CPC, da Câmara Municipal de Sintra e do COP.

Será assinado um protocolo entre o CPC e o COP, e lançado o Concurso Nacional “Jogo Limpo”. O Conselheiro Rui Patrício, membro do CPC, fará uma apresentação sobre plágio, e João Paulo Almeida, Diretor-Geral do COP, intervirá acerca da integridade no desporto.

Os atletas David Rosa (Ciclismo), Joana Ramos (Judo), Nuno Barreto (Vela) e António Bessone Basto darão testemunho das suas experiências.

Na escola estarão patentes duas exposições, uma de trabalhos sobre plágio realizados por alunos, e a outra da responsabilidade do COP.

Durante o dia decorrerão atividades relacionadas com o Dia Internacional Contra a Corrupção nas Escolas em Rede, e em específico nas escolas de Almeida, Cabeceiras de Basto, Malveira, Perafita e Vila Franca de Xira.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais