A estreia de Portugal nos Jogos do Mediterrâneo de praia, em Patras, Grécia, é marcada também pela sua participação nas provas de Aquatlo, a decorrerem no dia 31 de agosto.

A disciplina de Aquatlo deriva do Triatlo e consiste em três segmentos de competição, com a natação a intercalar duas corridas. As distâncias oficiais para o Campeonato Mundial de Aquatlo, da International Triathlon Union, são de 2,5km de corrida, 1km de natação e 2,5km de corrida. Se a temperatura da água for inferior a 22 graus, a prova assume uma nova configuração, com apenas um segmento de natação de 1 km seguido por uma corrida de 5 km.

O Aquatlo, em Patras 2019, decorre num dos três locais de competição – denominado Hera (os outros são Artemis e Pepanos) – eleitos para o evento multidesportivo que junta 26 comités olímpicos nacionais membros do Comité Internacional dos Jogos do Mediterrâneo.

Hera, a irmã-esposa de Zeus, é a deusa das mulheres, do casamento, da família e da maternidade, segundo a mitologia da Grécia Antiga. Um templo de Hera terá existido na área de competição do Aquatlo durante a Antiguidade.

Portugal participou no último campeonato do Mundo de Aquatlo, em maio de 2019, na cidade espanhola de Pontevedra, tendo conseguido as seguintes classificações: elites, homens – Rafael Domingos 9.º, Pedro Mendes 14.º e André Santos 22.º (5.º na competição Sub-23); elites, mulheres – Ana Ramos 23.ª.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais