No âmbito da 5ª Conferência Mundial sobre a Mulher e o Desporto

Os participantes da 5 ª Conferência Mundial do Comité Olímpico Internacional (COI) sobre Mulheres e Desporto apelaram aos dirigentes desportivos que assumam um papel mais activo na promoção da causa das mulheres através do desporto.

A conferência de três dias, cujo tema foi “Juntos Somos mais Fortes: o Futuro do Desporto“, terminou com mais de 800 delegados de 135 países a aprovar por unanimidade a “Declaração de Los Angeles”, uma série de recomendações destinadas a promover a igualdade de género no desporto e utilizar o desporto como uma ferramenta para melhorar a vida das mulheres em todo o mundo.

A declaração foca-se em dois temas principais:

O Presidente do COI, Jacques Rogge, garantiu aos delegados da conferência que o Movimento Olímpico agirá de acordo com as recomendações. “Eu comprometo-me e posso prometer que iremos fazer o que for necessário”, afirmou no seu discurso de encerramento.

A Declaração de Los Angeles reconhece que o progresso contínuo do Movimento Olímpico para a igualdade de género no terreno de jogo nunca tinha sido articulado com os cargos de liderança no desporto. A declaração pede mais recursos para apoiar as mulheres em papéis de liderança desportivos e pediu às organizações desportivas que sigam o exemplo do COI na adopção de políticas para promover a igualdade de género.

Sobre a questão da colaboração, os delegados da conferência pediram ao COI para aprofundar o seu trabalho com as Nações Unidas através do estabelecimento de parcerias com as Mulheres da ONU e com o Comité da ONU sobre o Estatuto da Mulher.

“O potencial do desporto para contribuir para o fortalecimento social, económico e político das mulheres e jovens do sexo feminino é claro e tem sido reconhecido pelos governos, pelo sistema das Nações Unidas, pela sociedade civil e pelo movimento desportivo. Agora é o momento de agir sobre esse reconhecimento e trazer os benefícios do desporto para as elas”, declarou Lakshmi Puri, Directora Executiva Adjunta da Mulheres da ONU.

Leia aqui a “Declaração de Los Angeles” completa.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais