Quando ainda falta a equipa masculina de Ténis de Mesa entrar em prova neste primeiro dia dos Jogos Europeus, o ciclista de BTT David Rosa foi o melhor dos seis atletas portugueses que já competiram em Baku.

O atleta olímpico (esteve em Londres 2012) começou muito forte a sua prova, liderando ao longo de uma boa parte da primeira volta, depois de ter partido na primeira linha do pelotão e de ter pedalado mais forte na partida para ficar na frente da corrida. Porém, um problema com a sua bicicleta (a corrente saltou) obrigou-o a parar para assistência técnica atirando para o 13º lugar. Com mais de meio minuto de atraso para os da frente.

David Rosa não perdeu o ânimo, mesmo tendo de fazer uma corrida detrás para a frente. Ao longo de várias voltas foi-se mantendo entre o 12º e o 14º lugares, atacando depois a partir da 5ª volta, recuperando para o grupo que estava à sua frente, conseguindo reentrar no top-10, um dos objetivos do ciclista natural de Leiria.  David Rosa terminou a prova em 1:45.12 horas, mais 4.08 minutos que o vencedor.

Ficou o amargo do problema que o atrasou na corrida, impedindo-o de lutar por mais ambiciosos objetivos que, como a prova o demonstrou, eram possíveis de alcançar. Para a história fica contudo a sua excelente recuperação.

No final David Rosa manifestou alguma desilusão. “Tinha de estar no lugar certo à hora certa e com o problema que tive, não foi possível. Corri atras do estrago para o melhor possível, dei tudo o que tinha. Não tenho arrependimentos quanto à entrega em prova, mas sabe pouco”

A competição foi ganha por Nino Schurter da Suíça, país que dominou o primeiro dia de competições, tendo nesta prova em concreto somado três medalhas com o pleno do pódio.

 

Joana Monteiro foi 23ª no BTT Feminino

Também no BTT, mas na prova feminina, Portugal esteve presente com a ciclista Joana Monteiro. A atleta lusa não conseguiu melhor do que um 23º lugar depois de à terceira volta ter ficado fora de prova devido ao atraso para a liderança ser superior a 80%. Como tal, Joana Monteiro não conseguiu terminar a prova, o que no caso do BTT não é impeditivo de atribuição do lugar que ocupava no momento da sua eliminação.

Tal como na prova masculina, o domínio foi da Suíça, com o país helvético a conquistar o Ouro e a Prata.

 

Ténis de Mesa Feminino eliminado da competição frente à Rússia

As primeiras atletas portuguesas a entrar em competição nos Jogos Europeus foram as do Ténis de Mesa que competiram na 1ª ronda da prova de Equipas frente à Rússia. Fu Yu até entrou da melhor maneira, vencendo por 3-1 Anna Tikhomirova com os parciais de 11-8, 10-12, 11-4 e 11-9. Contudo, Portugal viria a perder os três jogos seguintes. Primeiro Leila Oliveira foi derrotada por 0-3, com triplo 7-11, frente a Polina Mikhailova. Depois, nos pares, a dupla Ana Neves/Leila Oliveira claudicou frente à dupla russa Yana Noskova/Anna Tikhomirova por 1-3 (9-11, 11-9, 5-11 e 4-11), terminando o confronto com a partida entre Ana Neves e Polina Mikhailova, ganha pela mesatenista russa por 0-3 com os parciais de 6–11, 7-11 e 5-11.

Com a derrota por 1-3 frente à Rússia, Portugal ficou eliminado da prova de equipas. Fu Yu e Leila Oliveira regressam à competição na prova de singulares que se inicia na próxima terça-feira, já Ana Neves vê chegar ao fim a sua participação em Baku.

 

Lutas Amadoras sem fortuna

Com João Carvalho (-59kg) e Zurab Bekauri (-71kg) previstos para competir neste primeiro dia de competição, a notícia da impossibilidade de lutar do atleta luso-georgiano foi um forte revés no arranque da modalidade de Lutas Amadoras. Zurab Bekauri sofreu uma lesão num olho no último treino realizado ontem, quando tinha como companheiro de treino o também português Hugo Passos.

Como tal, Zurab não pode competir e acabou por ser derrotado por 0-5 por não comparência frente a um adversário croata.

João Carvalho teve pela frente no combate inaugural o arménio Roman Amoyan, perdendo por 0-3, fruto de seis pontos técnicos atribuídos ao seu adversário. Ao perder o combate, João Carvalho ficou automaticamente excluído da competição terminando assim a sua participação nestes Jogos Europeus.

 

Melanie Santos foi a melhor das duas triatletas lusas em Baku

Hoje teve ainda lugar a prova de Triatlo feminino, com Melanie Santos e Ana Ramos em competição. A melhor das lusas foi Melanie Santos que conseguiu o 25º lugar, tendo gasto 2:08:11 para completar a prova, mais 7m43s que a vencedora, a suíça Nicola Spirig.

Ana Ramos não completou a prova ao ter sido dobrada pelas atletas da frente da prova durante a competição de bicicleta, o que automaticamente a deixou fora da corrida.

 

CRÉDITOS FOTOS: COP/IMAPRESS

Artigos Relacionados

Morrer na praia
27.06.2015
Zurab Bekauri
29.05.2015
Fu Yu
25.04.2014
Lutas Amadoras
1.02.2014
Ténis de Mesa
1.02.2014
Triatlo
1.02.2014
Ciclismo
1.02.2014

Patrocinadores/Parceiros Nacionais