O Comité Olímpico de Portugal (COP) esteve representado pelo diretor-geral, João Paulo Almeida, e pela gestora do programa de integridade, Joana Gonçalves, no 1.º Seminário Educacional do projeto Single Points of Contact for Sports Integrity (POINTS), financiado pela Comissão Europeia e coordenado pelo EOC EU Office, que conta com mais 17 organizações parceiras e assenta na formação de pontos focais em integridade, nas federações desportivas e comités olímpicos nacionais.

O evento decorreu entre os dias 4 e 6 de fevereiro, na sede da INTERPOL, em Lyon, e foi conduzido por este órgão de policia criminal internacional, em parceria com o Comité Olímpico Internacional (COI), tendo sido dedicado à formação na área da Manipulação de Competições, com o objetivo principal de capacitação dos Pontos Únicos de Contacto (SPOCs) de cada uma das entidades parceiras que integram o projeto, através do fornecimento de instrumentos práticos necessários para lidar com diversas ocorrências neste domínio e melhor orientar as organizações desportivas perante uma das principais ameaças com que são confrontadas.

Através da partilha de boas práticas, análise de estudo de casos, trabalho em grupo e simulação de casos práticos, o grupo de trabalho desenvolveu competências sobre:

– Desempenho do papel do SPOC na sua organização;

– Implementação dos mecanismos necessários com vista a um combate eficiente à manipulação de competições;

– Desenvolvimento e implementação de uma estratégia de sensibilização adequada às necessidades das organizações desportivas do seu país;

– Mecanismos de avaliação e investigação de ocorrências nesta área, bem como a aplicação de procedimentos adequados em material de disciplina desportiva e colaboração com órgãos de polícia criminal e demais partes interessadas;

– Diagnóstico sobre a capacidade da sua organização nas matérias de gestão, condução e prevenção de ocorrências de infração.

A presença do COP neste projeto permitiu ainda encetar as necessárias diligências no propósito de beneficiar do programa de capacitação da INTERPOL com o COI para órgãos de investigação e policia criminal e órgãos disciplinares desportivos na condução na investigação e recolha de factos em matéria de manipulação de competições desportivas, bem como desenvolver mais conteúdos educacionais do Programa de Integridade do COP  “Não Manipules, Joga pelo Respeito” em língua portuguesa, que o COI pretende disseminar como modelo de referência de prevenção e treino em integridade no desporto.

O próximo passo neste projeto traz ao terreno a realização do 2.º Seminário Educacional sobre Boa Governação, que terá lugar entre os dias 1 e 3 de Abril em Frankfurt, na sede do Comité Olímpico e Desportivo Alemão (DOSB). Segue-se o 3.º e último Seminário Educacional, subordinado à esfera de responsabilidades e ao papel dos SPOCs, que será organizado pelo COP em Lisboa, entre os próximos dias 21 e 23 de maio.

 

Patrocinadores/Parceiros Nacionais