O Comité Permanente de Integridade das Apostas Desportivas – Standing Committee on Sports Betting Integrity reuniu esta quarta-feira na sede do Comité Olímpico de Portugal (COP), na sequência da entrada em vigor da Convenção do Conselho da Europa sobre a Manipulação de Competições.

Coordenada pelo CEO da Sport Integrity Global Alliance (SIGA), Emanuel Medeiros, e pela Diretora Global de Política Desportiva, Emma McClarkin, a reunião contou com a presença de um conjunto alargado de representantes das mais variadas organizações especialistas em matéria de integridade nas apostas desportivas, entre os quais Laurent Vidal, da Universidade da Sorbonne, Diogo Guia, da ICSS, Pedro Trengrouse, da Unversidade Getúlio Vargas, Affy Sheikh, da Starlizzard, e ainda, por videoconferência, Fred Lord (também da ICSS), Katie Simmonds, da SIGA, Eddie Marshbaum, da Quest, e Karl Bennison, do Painel de Controlo do Jogo do Estado de Nevada, nos Estados Unidos da América.

Para além da análise das implicações da nova legislação em vigor, foi realizada uma jornada de trabalho com a duração de três horas, debatendo as ameaças, os desafios e as possíveis soluções para combater um problema global que tem vindo a pôr em causa a integridade das competições desportivas, e para o qual o COP tem vindo a dar o seu contributo, seja através do seu Programa de Integridade, seja a partir da participação nos múltiplos grupos de trabalho sobre o tema, no âmbito dos quais tem adotado um posicionamento institucional em linha com as orientações e boas práticas emanadas pelo Comité Olímpico Internacional.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais