A Comissão de Atletas Olímpicos (CAO) informou a Comissão de Atletas do Comité Olímpico Internacional que a maioria dos atletas portugueses integrados no Projeto Tóquio 2020 defende o adiamento dos Jogos Olímpicos.

Esta iniciativa surgiu no seguimento do que têm sido os últimos desenvolvimentos relativos ao cenário de adiamento da realização dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 nas datas inicialmente previstas e da auscultação que a CAO entendeu, nesse âmbito, dever fazer junto dos atletas atualmente integrados no Projeto Tóquio 2020, estivessem ou não já qualificados.

Nesse sentido, a CAO elaborou um questionário, que foi enviado a 89 atletas, tendo respondido 74, ou seja, 83% dos atletas que estão integrados no Projeto Tóquio 2020.

Destes, 89% são da opinião de que os JO deveriam ser adiados, com cerca de dois terços a advogar o adiamento para 2021.

Por outro lado, 82% dos atletas consideram que, a manterem-se as datas atuais, os Jogos Olímpicos não seriam justos do ponto de vista desportivo.

Finalmente, apenas 42% considera ter as condições mínimas para treinar, embora sem a exigência que a preparação Olímpica obriga.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais