O Comité Olímpico Internacional (COI) manifestou esta sexta-feira satisfação com a iniciativa do novo Secretário-Geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, em reforçar ainda mais a já excelente cooperação existente entre os dois organismos.

Num encontro ocorrido em janeiro deste ano, António Guterres e Thomas Bach concordaram em estabelecer uma “parceria direta” entre a ONU e o COI. Essa ligação implica que a ONU tenha acesso direto à experiência e ao know how do COI e dos seus 206 comités olímpicos nacionais, bem como das federações desportivas internacionais. A iniciativa significa uma abordagem mais racionalizada e evitará o trabalho paralelo. Como consequência desta decisão, o Secretário-Geral das Nações Unidas decidiu encerrar o escritório das Nações Unidas focado no Desporto para o Desenvolvimento e a Paz (UNOSDP).

“Estamos entusiasmados com o grande potencial desta parceria direta com as Nações Unidas e agradecemos ao Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, por esta iniciativa. Isto reforçará ainda mais a posição do desporto na sociedade e ajudará o desporto a cumprir o seu papel de um importante impulsionador do desenvolvimento sustentável, tal como delineado nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas”, disse Thomas Bach. A parceria direta está totalmente de acordo com a resolução da ONU, que “apoia a independência e a autonomia do desporto, bem como a missão do COI na condução do Movimento Olímpico”, concluiu o presidente do COI.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais