Os primeiros Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno, que decorreram em Innsbruck, Áustria, chegaram este sábado ao fim com uma cerimónia de encerramento memorável na Medals Plaza.

Esta cerimónia marcou o fim de 10 dias de competições desportivas de classe mundial e actividades culturais e educativas, especialmente projectadas para os mais de 1000 atletas com idades compreendidas entre os 15 e os 18 anos. Estes atletas representaram 70 países, incluindo Marrocos, que se tornou no primeiro país africano a vencer uma medalha num evento olímpico de inverno, quando o atleta Adam Lamhamedi conquistou a Medalha de Ouro no Super-G Masculino.

Mais de 110 mil pessoas assistiram a esta primeira edição, enquanto 1.400 voluntários ajudaram a torná-lo num evento inesquecível.

Os Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno fizeram também história devido à inclusão de modalidades que apareceram pela primeira vez no programa olímpico, que se manterão em Sochi 2014. É o caso dos saltos de esqui femininos, o esqui halfpipe e o snowbord slopestyle.

Outra das inovações destes jogos foi a Chave USB Interactiva conhecida como Yogger e distribuída por todos os atletas e oficiais. Além de fornecer aos atletas informações essenciais num formato digital, a Yogger agiu como cartão-de-visita virtual, permitindo aos utilizadores partilhar informações como nomes e endereços de e-mail simplesmente tocando as suas chaves uma na outra. Ao longo dos jogos foram feitas 138.000 interacções Yogger.

A próxima edição dos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno será realizada em Lillehammer, Noruega.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais