Catarina Monteiro chefia a Missão de Portugal que participa nos Jogos Mundiais de praia, entre os dias 11 e 16 de outubro, em Doha, no Catar. Membro do Departamento de Missões e Preparação Olímpica do Comité Olímpico de Portugal, vê nesta competição “um momento histórico” e uma oportunidade importante para os desportistas portugueses ganharem experiência e visibilidade.

Antes da partida para mais uma missão da Equipa Portugal, Catarina Monteiro respondeu a quatro perguntas.

 

Que expetativas há em relação à primeira edição dos Jogos Mundiais de praia (JMp)?

Sendo uma primeira edição de um evento mundial é sempre muito importante marcar presença. É um momento histórico, no qual estarão presentes cerca de 1230 atletas, de 97 países, que lutarão pelos melhores resultados em 14 disciplinas (de 13 modalidades). Portugal qualificou para Doha 14 atletas, em representação de cinco modalidades – Aquatlo, Karaté (Kata), Lutas de Praia, Natação de Águas Abertas e Ténis de Praia. São os melhores atletas nacionais nestas disciplinas e tenho a certeza que qualquer um deles vai dar o seu melhor.

 

O que podem representar os JMp para o Comité Olímpico de Portugal no quadro das missões por que responde?

A participação nestes jogos é importante não só para o Comité Olímpico de Portugal mas principalmente para as modalidades envolvidas. É mais uma prova mundial para dar visibilidade e experiência a atletas que normalmente não integram eventos multidesportivos.

 

Abre-se com os JMp uma nova oportunidade para o desporto e os atletas de Portugal?

É, como afirmei, mais uma competição de caráter mundial para pôr os nossos atletas à prova. O mais importante do meu trabalho enquanto Chefe de Missão, e para o COP, são sempre os atletas. Neste caso, pretende-se dar mais um impulso a modalidades que normalmente não são conhecidas no nosso panorama desportivo, como é o caso das modalidades de praia.

 

O que poderão considerar-se bons resultados desportivos para Portugal?

Bons resultados numa primeira edição de uma nova competição serão sempre dar o melhor e elevar o nome de Portugal, quer pela nossa prestação desportiva quer pelo compromisso de representação nacional da Missão.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais