O Comité Olímpico de Portugal (COP) é parceiro em quatro candidaturas ao Programa ERASMUS+ Desporto que foram aprovadas e receberão financiamento da Comissão Europeia.

No projeto POINTS – Single Points of Contact for Sports Integrity – o COP é parceiro dos Comités Olímpicos Nacionais de Alemanha, França, Itália, Dinamarca, República Checa, Reino Unido, Luxemburgo, Noruega, Holanda e Finlândia, e o principal objetivo passa por desenvolver o tema da integridade numa perspetiva ampla, apoiando os Comités Olímpicos Nacionais, as Federações Europeias e as Federações Desportivas Nacionais da União Europeia a salvaguardar a integridade dos seus desportos e a reforçar a governação. Esta é uma candidatura relacionada com o projeto SIGGS, considerado uma “história de sucesso” pela Comissão Europeia.

O T-PREG – Training to Protect Reporting from Grassroots sports – visa ligar os desportos de base a ações de prevenção, envolvendo os desportos profissionais; e fortalecer os mecanismos que encorajam e facilitam praticantes, funcionários e gestores do clube a relatarem o delito com um conjunto específico de ferramentas preparadas para o efeito. Os parceiros do COP são os Comités Olímpicos Nacionais de Portugal, Itália, Eslovénia, Bélgica, Áustria, Dinamarca e Espanha.

No iSPORT – Investments in Sports for a Healthier European Society -, o objetivo é incentivar e apoiar a boa governação, como forma de aumentar os níveis de participação no desporto e na atividade física entre os Estados-Membros da UE, promovendo uma abordagem dos investimentos baseada em resultados. Aqui, os parceiros do COP são os Comités Olímpicos Nacionais da Croácia e da Lituânia, a SportsEconAustria, a Universidade de Split, a Sport Organization de Chipre, a Universidade Mikolas Romeris (Lituânia), o Ministério do Desporto do Luxemburgo, o Instituto Português do Desporto e Juventude, e a Universidade Hallam de Sheffield.

Finalmente, o FLP – Financial Literacy Project – também será alvo de financiamento e o objetivo é proporcionar aos atletas uma alfabetização adequada, por forma a evitar a vulnerabilidade no que diz respeito à manipulação de resultados, ao doping e a outras violações no domínio desportivo. Aqui, os parceiros do COP são o Comité Olímpico Nacional da Eslovénia, a Universidade de Ljubliana e a Academia Olímpica da Croácia.

(notícia atualizada)

Patrocinadores/Parceiros Nacionais