A judoca Telma Monteiro alcançou hoje o terceiro lugar na categoria de -57 kg no Grande Prémio de Ulan-Bator, naquela que é a sua primeira prova de qualificação para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

No combate pela medalha de bronze, a melhor judoca portuguesa de sempre, atual 11.ª do “ranking” mundial, derrotou a húngara Hedvig Karakas (26.ª) por “waza-ari”.

Na capital da Mongólia, Telma Monteiro, isenta da primeira ronda, iniciou a competição frente a uma atleta da casa, Altantseteg Batsukh, e venceu por “waza-ari”, mas no combate final da “pool” perdeu com a japonesa Makiko Otomo pela vantagem mínima, “yuko”.

No combate de repescagem, a judoca do Benfica bateu a suíça Fabienne Kocher, por “ippon”, em apenas 52 segundos, e ganhou direito a discutir a medalha de bronze com Hedvig Karakas, num confronto que acabou por conduzi-la ao pódio.

Além de Telma Monteiro, única representante feminina portuguesa em Ulan-Bator, Nuno Carvalho (-60 kg), Sergei Oleinic (-66 kg) e Diogo César (-66 kg) também estiveram em ação no primeiro dia e foram eliminados prematuramente.

No sábado, competem André Alves (-73 kg), Jorge Fernandes (-73 kg) e Diogo Lima (-81 kg), enquanto Jorge Fonseca (-100 kg) encerra a participação portuguesa, no domingo. Célio Dias (-90 kg) também estava convocado para esta prova, mas não viajou devido a uma lesão muscular.

A atual qualificação olímpica decorre até 30 de maio de 2016, com 252 atletas a qualificarem-se diretamente através do ranking internacional. Há 154 vagas para masculinos e 94 para femininos, no total de sete categorias em cada variante.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais