Na sede do Comité Olímpico de Portugal realizou-se ontem a Assembleia Plenária que aprovou, por unanimidade, o Plano de Atividades e Orçamento para 2016 em conjunto com a alteração do Regulamento de Prémios e Galardões do COP.

Nesta assembleia, onde estiveram representados mais de 30 membros do COP, o Presidente do COP teve ocasião de apresentar os projetos previstos para o ano de 2016, enquadrados nos eixos de orientação estratégica do programa de ação da Comissão Executiva, assinalando as principais prioridades, as quais estão naturalmente relacionadas com a Missão Portuguesa aos Jogos Olímpicos do Rio.

A estabilização da reestruturação orgânica interna e modernização institucional na melhoria contínua da qualidade do serviço e apoio prestado às federações desportivas e parceiros institucionais, incorporando princípios de boa governação recomendados pelo COI, afigura-se essencial para valorizar a missão do COP e terá na reforma estatutária, a apresentar no início de 2016, um momento determinante no exercício desta Comissão Executiva.

Destaque ainda para a troca de experiências e parcerias colaborativas em grupos de trabalho e projetos internacionais, reforçando a projeção externa do COP na implementação de instrumentos de trabalho tendo em vista enfrentar alguns dos desafios mais prementes no futuro do Movimento Olímpico e Desportivo.

A conclusão de projetos estruturantes formalizados no início de funções desta Comissão Executiva, nomeadamente o Portal do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Desportivo e o Arquivo Histórico, são compromissos assumidos para entregar até ao final do mandato, o qual, na vertente financeira, será marcado pela continuidade do processo de consolidação orçamental, cujo exercício de 2016 prevê um resultado positivo superior a 200 mil euros.

 

Regulamento Prémios e Galardões

Patrocinadores/Parceiros Nacionais