André Alves conquistou a Medalha de Prata no Grand Prix de Zagreb, que decorre de 12 a 14 de setembro, no Dom Sportova Sport Hall. Portugal alcança assim a segunda Medalha de Prata, juntando á conquistada no primeiro dia por Joana Ramos.

O judoca português obteve uma excelente classificação no Grand Prix de Zagreb, conquistando a Medalha de Prata numa das mais importantes competições internacionais. No encontro da Final, defrontou o holandês Dex Elmont e num encontro bastante equilibrado, a decisão só foi conhecida no período final do combate, quando o holandês aplicou um forte ataque, pontuando por Wazari. André Alves assumiu as despesas do combate  e nos últimos segundos conseguiu uma imobilização, mas o seu adversário conseguiu soltar-se do ataque do português, confirmando a Medalha de Prata para o atleta nacional.

Confirmando o excelente momento de forma, André Alves teve um percurso extraordinário em Zagreb, vencendo quatro combates dos cinco disputados. No acesso á Final, defrontou o italiano Marco Maddaloni e venceu-o por Wazari, num combate completamente controlado pelo judoca português, dominando do início ao fim e garantindo a passagem á Final.

Nas rondas iniciais de apuramento, André Alves teve o domínio total dos seus adversários vencendo o húngaro Miklos Ungvari, por Ippon, fruto dos quatro castigos do seu adversário. Na segunda ronda, precisou apenas de 5 segundos para derrotar o seu adversário romeno Eduard Nicolaescu, carimbando a passagem aos Quartos-de-Final. No terceiro encontro que disputou frente ao russo Zelimkhan Ozdoev, venceu por Wazari, garantindo a qualificação para o combate de acesso á Final.

Diogo Lima teve uma prestação de exceção, com a conquista de um honroso sétimo lugar da Classificação em Zagreb. Com a estreia frente ao bósnio Stefan Siljegovic, o judoca português apenas conseguiu garantir a passagem em Ponto de Ouro, fruto da aplicação de um castigo ao seu adversário. Na segunda ronda, venceu o esloveno Jesenko Cetic por Yuko, num encontro totalmente dominado pelo português. Nos Quartos-de-Final enfrentou o americano Travis Stevens, cedendo e sendo relegado para a Repescagem por Ippon. Na luta pelo lugar de disputa da Medalha de Bronze, cedeu perante o russo Murat Khabachirov, num combate bastante equilibrado, onde foi decidido por um castigo aplicado ao português em Ponto de Ouro.

Jorge Fernandes obteve uma vitória no GP de Zagreb, fruto da vitória por Ippon sobre o seu adversário ganês Emmanuel Nartey. Na segunda ronda cedeu perante o americano Nicholas Delpopolo, com um ataque fortíssimo que não permitiu a qualificação do português. Ana Cachola e Carlos Luz cederam nos seus primeiros encontros, não conseguindo superar os seus adversários no primeiro combate.

Para o terceiro dia, Portugal apresenta três judocas nos tatamis croatas, Yahima Ramirez é a única atleta feminina do dia, na categoria de -78 Kg e defronta a britânica Natalie Powell na segunda ronda. Célio Dias compete na categoria de -90 Kg e defronta na ronda inicial, o atleta do Liechtenstein Mirko Kaiser. Jorge Fonseca é o representante português na categoria de -100 Kg, enfrentando o francês Clement Delvert.

Os combates iniciam-se ás 10h00 locais (9h00 em Portugal).

TEXTO: Federação Portuguesa de Judo/Ana Lima

Patrocinadores/Parceiros Nacionais