Foi com um sabor algo amargo que terminou a missão portuguesa aos Jogos Olímpicos de inverno Sochi 2014, fruto da prestação de Arthur Hanse que não conseguiu terminar a sua prova logo na primeira manga. Com uma pista em condições muito débeis, e que no momento da sua entrada em competição estava ainda pior, fruto de ter sido o 96º a tentar concluir a prova na Rosa Khutor, o jovem esquiador nacional cedo ficou fora da competição. Após uma primeira queda, da qual ainda conseguiu passar incólume, acabou por voltar a cair um pouco mais à frente ficando definitivamente fora.

Logo na primeira manga, um terço dos 117 atletas em competição não conseguiram chegar ao fim, um número que se tornou ainda mais impressionante na segunda manga, onde dos 77 finalistas, pouco mais de metade conseguiu concluir. No total, apenas 45 chegaram ao final, o que atesta bem as dificuldades encontradas na pista Rosa Khutor.

Para Arthur Hanse, foi um momento de desilusão. “Estou muito triste. Sinto-me desiludido por não chegar ao fim, pois era esse o meu objetivo. A pista estava muito difícil, em condições péssimas. Dado ter sido o 96º a esquiar, já havia socalcos em plena pista. Basta ver que apenas um terço dos atletas chegou ao fim. Infelizmente não fui um deles”.

Apesar da tristeza, Arthur Hanse promete não baixar os braços para o futuro e irá continuar a tentar promover os desportos de inverno internacionalmente, através das cores de Portugal. “Fica a experiência que aqui ganhei. Foi inacreditável participar nos Jogos Olímpicos e estou certo que poderei continuar a amadurecer e a melhorar. A época ainda não terminou e prometo conseguir bons resultados, assim como na próxima temporada”.

Termina assim a participação nacional em Sochi, com o 40º lugar de Camille Dias na prova de Slalom a ser o ponto alto, ela que conseguiu igualmente concluir a prova de Slalom Gigante, mas nos 59º lugar. Pior sorte teve Arthur Hanse que não logrou terminar nenhuma das provas.

Amanhã será o dia da despedida, com a cerimónia de encerramento, marcada para as 16h de Portugal, onde Camille Dias levará a bandeira nacional, depois de ter sido Arthur Hanse a fazê-lo na abertura.

Consulte aqui toda a informação sobre a Missão Olímpica portuguesa

Clique aqui para aceder ao site oficial dos Jogos Olímpicos de inverno Sochi 2014

Patrocinadores/Parceiros Nacionais