Terminou hoje o Campeonato do Mundo de Classes Olímpicas ISAF que se realizou em Santander, Espanha, com o destaque nacional a ir para as tripulações das classes 49er, JorgeLima/José Luís Costa e Laser, Rui Silveira e Gustavo Lima, que conquistaram vaga para Portugal nos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Os velejadores que irão ocupar as vagas serão determinados futuramente pela Federação Portuguesa de Vela.

Na classe 49er Jorge Lima/José Luís Costa largaram para a Regata das Medalhas ainda com hipóteses de chegar ao pódio. Com o vento a soprar fraco, as dez tripulações mais bem classificadas sabiam que a pontuação era a dobrar e não descartável. Os portugueses chegaram a liderar mas, no final, terminavam 5º na regata e na classificação final.

Jorge Lima estava feliz com o resultado alcançado: “Alcançámos o nosso melhor resultado de sempre em mundiais. Excedemos todas as expectativas. Qualificámos Portugal para os Jogos Olímpicos e conseguimos entrar para o nível 2 do projeto olímpico”, afirma.

O leme nacional pensa já a longo prazo: “Este resultado é fruto de muito trabalho, depois de uma fase má porque passámos. Mostrámos aos nossos adversários que andamos de igual para igual e podemos batê-los. Há que continuar neste rumo. Estamos muito contentes e confiantes para o futuro”, conclui Lima.

Na frota de prata, a dupla Francisco Andrade/João Matos Rosa terminou em 41º da tabela.

A classe Laser que também conquistou vaga para o Rio 2016 terminou com Rui Silveira em 39º e Gustavo Lima em 41º, os velejadores que conquistaram a vaga olímpica. Eduardo Marques terminou 123º e Carolina João foi 101ª em Laser Radial.

Portugal esteve também representado neste Campeonato do Mundo de Classes Olímpicas ISAF nas classes Finn, Nacra 17, 470 Femininos, 470 Masculinos e RS:X.

Na classe Finn, Frederico Melo terminou a prova na 26ª posição, em Nacra 17, Afonso Domingos/Diana Neves acabam o mundial no 49º lugar. A dupla Sara Carmo/Matilde Melo fechou a sua prestação nos 470 femininos no 25º lugar. Já nos 470 masculinos a dupla Gonçalo Pires/Miguel Nunes encerrou a participação no mundial em 35º lugar.

Em RS:X o sei vezes olímpico João Rodrigues encerrou a sua participação no 30ª lugar. O veterano madeirense não atingiu o objetivo de qualificar Portugal para o Rio 2016, uma vez que nos lugares que se apuravam para o Rio 2016 ficou em 19º, numa prova em que apuravam os primeiros 18 classificados por país.

Patrocinadores/Parceiros Nacionais